POSOLOGIA DE MIOSAN:

*A dose usual é de 20 a 40 mg ao dia, em duas a quatro administrações. A dose máxiama diária é de 60 mg.

*O uso do produto por períodos superiores a duas ou três semanas, deve ser feito com o devido acompanhamento médico.


Bula do Medicamento Miosan

COMPOSIÇÃO:

Cloridrato de ciclobenzaprina

INDICAÇÃO PARA QUE SERVE MIOSAM:

       Miosan é um relaxante muscular, usado no tratamento de espasmos musculares associados com dor aguda e de origem músculo-esquelética.

GRAVIDEZ E LACTAÇÃO:

A segurança de uso  de Miosan durante a gravidez e amamentação não foi estabelecida ainda. Portanto, não deve ser administrado durante a gravidez e lactação.

REAÇÕES ADVERSAS:

       As reações mais comuns são sonolência, tonturas, enjôos e visão borrosa. Pode ser perigoso dirigir veículos ou operar máquinas durante o tratamento. Pode ocorrer secura da boca. Para aliviar a sensação, utilizar chicles ou caramelos sem açúcar, gelo ou substitutos de saliva. Consulte o dentista se a boca se mantiver seca por mais de 2 semanas.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:

       Durante o tratamento evite ingerir bebidas alcóolicas. Não utilize outros medicamentos depressores do Sistema Nervoso Central enquanto estiver tomando Miosan. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja utilizando, antes do início ou durante o tratamento. Não se auto-medique e siga rigorosamente as instruções de seu médico.

CONTRA-INDICAÇÕES:

       Miosan é contra-indicado a pacientes que apresentam alergias à ciclobenzaprina. Não deve ser utilizado durante a gravidez e lactação. Durante o tratamento, evite dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicados, devido a possíveis reações visuais. Durante o tratamento, visite regularmente seu médico e realize os exames complementares solicitados. Periodicamente você deverá fazer exames de sangue, de urina e determinação das funções hepáticas.

ADVERTÊNCIAS:

       Miosan é relacionado estruturalmente com os antidepressivos tricíclicos (p. ex. amitriptilina e imioramina). Quando as doses administradas forem maiores do que as recomendadas, podem ocorrer sérias reações no Sistema Nervoso Central. A ciclobenzaprina interage com a monoaminoxidase. Crise hiperpirética, convulsões severas e morte podem ocorrer em pacientes que recebem antidepressivos tricíclicos, incluindo a furazolidona, a pargilina, a procarbazina e  IMAO. A ciclobenzaprina pode aumentar os efeitos do álcool, barbitúricos e de outras drogas depressoras do SNC.

PRECAUÇÕES:

       Devido à sua ação atropínica, Miosan deve ser utilizado com cautela em pacientes com história de retenção urinária, glaucoma de ângulo fechado, pressão intra-ocular elevada ou naqueles em tratamento com medicação anticolinérgica. Pelos mesmos motivos, os pacientes com antecedentes de taquicardia, bem como os que sofrem de hipertrofia prostática, devem ser submetidos à cuidadosa avaliação dos efeitos adversos durante o tratamento com a Ciclobenzaprina. Não se recomenda a utilização do medicamento nos pacientes em fase de recuperação do infarto do miocárdio, nas arritmias, insuficiência cardíaca congestiva, bloqueio cardíaco ou outros problemas de condução. O risco de arritmias pode estar aumentado nos casos de hipertireoidismo. A utilização de Miosan por períodos superiores a duas ou três semanas deve ser feita com o devido acompanhamento médico. Os pacientes devem ser advertidos de que a sua capacidade de dirigir veículos ou operar máquinas perigosas pode estar comprometida durante o tratamento.



Fonte Bibliográfica

Veja Também:

Chiclete para Combater o Sono Durante o Dia

Como Ler Uma Bula de Remédio

Cuidados com a Pele

Como Fazer o Auto Exame das Mamas

Estudos Sobre os Alimentos Contra o Câncer

Erva Doce para que Serve | posologia

Expec Xarope - Bula e Posologia