definição sobre posologia e dosagem de medicamento

PRIMERA 20 - POSOLOGIA - PRIMERA 20  - BULA

Aprenda como usar o anticoncepcional primera 20

COMPOSIÇÃO:

desogestrel (150mg)+ etinilestradiol (20mg)

AÇÃO ESPERADA DO MEDICAMENTO:

Ação anti-conceptiva

CUIDADOS DE ARMAZENAMENTO:

Manter o medicamento na embalagem original. Conservar em temperatura ambiente (entre 15° e 30° C). Proteger da luz e umidade.


POSOLOGIA DE PRIMERA 20 E MODO DE USAR:

Para obter o máximo de eficácia, ler e seguir as seguintes instruções:

  • O primeiro dia do ciclo corresponde ao primeiro dia da mesntruação;
  • Tomar 1 comprimido por dia, durante 21 dias seguidos, seguir as setas indicadas na cartela, e sempre no mesmo horário, por exemplo, logo após o café da manhã ou após o jantar;
  • Se esquecer de tomar 1 comprimido, o mesmo deve ser tomado na mesma hora que perceber o esquecimento, desde que não tenha ultrapassado 12 horas do horário determinado. Se o período for maior  do que 12 horas, esperar até a hora habitual e tomar os comprimidos juntos (o "esquecido" e o do dia normal); nesse caso, tomar precauções adicionais para evitar a gravidez durante 14 dias seguidos ou até ocorrer a próxima menstruação. Se ocorrer gravidez durante o tratamento, avisar ao médico imediatamente.
  • Se durante o ciclo anterior não usou nenhuma pílula anticoncepcional ou se usou e foi substituída por Primera: esperar o início da mesntruação. No primeiro dia da menstruação tomar o primeiro comprimido (ver marca na cartela do dia da semana correspondente ao primeiro comprimido). Seguir a direção das setas e continuar a tomar 1 comprimido por dia, durante 21 dias seguidos, até a cartela ficar vazia. Fazer pausa de 7 dias. Imediatamente após o sétimo dia, começar outra cartela, mesmo que a menstruação não tenha terminado. Observar que da segunda cartela em diante, sempre a primeira pílula vai coincidir com o mesmo dia da semana em que se iniciou o tratamento.
  • Se iniciar o tratamento após o dia recomendado ou no período pós-parto, tomar precauções adicionais para evitar a gravidez durante os primeiros 24 dias de uso (uso de camisinha, por exemplo)
  • Se a menstruação já começou há mais de 5 dias, esperar até a próxima menstruação para iniciar o tratamento.
NTERRUPÇÃO DO TRATAMENTO:

Suspendendo o tratamento, a função dos ovários é recuperada e consequentemente, existindo risco de engravidar.

GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO:

Em mulheres com suspeita de gravidez, o tratamento só deve ser iniciado após afastada esta possibilidade.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término.
Informe ao seu médico se estiver amamentando.
Este medicamento causa ma-formação ao bebê durante a gravidez.

REAÇÕES ADVERSAS:

Foram associadas ao tratamento com Primera seguintes reações:

Trato genito-urinário: sangramento intermenstrual, amenorréia pós-medicação, alterações na secreção cervical, aumento no tamanho dos fibromiomas uterinos, agravamento de endometriose, certas infecções vaginais, como a candidíase;
Mamas: sensibilidade, dor, aumento, secreção;
Trato gastrintestinal: náusea, vômito, colelitíase, icterícia colestática;
Sistema cardiovascular: trombose, aumento da pressão arterial;
Pele: cloasma, eritema nodoso, erupção;
Olhos: desconforto da córnea quando em uso de lentes de contato;
Sistema nervoso central: cefaléia, enxaqueca, alterações do humor;
Diversos: retenção de líquidos, redução da tolerância à glicose, alteração do peso corporal.

CONTRA-INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES:

O uso de anticoncepcionais orais pode diminuir a tolerância à glicose, portanto avisar ao médico o uso de insulina ou outros medicamentos antidiabéticos. Os anticoncepcionais orais contendo estrogêncio/progestogênio podem afetar a qualidade e reduzir a quantidade de leite materno. Pequenas quantidades dessas substâncias podem ser eliminadas através do leite materno. O uso de cigarros aumenta o risco de doenças cardiovasculares. Esse risco aumenta com a idade e a quantidade de cigarros por dia; portanto as pacientes que utilizam anticoncepcionais orais devem ser orientadas a parar de fumar.
A paciente deve informar ao médico qualquer alteração desagradável durante o uso do produto, principalmente se essas alterações surgirem com o uso de outros medicamentos.
A confiabilidade de anticoncepcionais orais pode ser reduzida quando:
  • os comprimidos não são tomados de acordo com as instruções de uso;
  • ocorrer problemas gastrintestinais, como vômitos e/ou diarréia, até 4 horas depois de ingerido o comprimido;
  • usar outros medicamentos em conjunto, tais como: antibióticos, barbitúricos e anticonvulsivantes.
Toda pílula anticoncepcional só deverá ser utilizada com orientação contínua do médico, por isso, antes de iniciar, a paciente deve ser submetida a exames ginecológicos e principalmente deve ser excluída a existência de gravidez.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.




OS MAIS LIDOS
Home  |  Sobre

Micuim tratamento

Óleo de Copaíba

Spirulina-Luz na vida

Mastruz-Santa Maria

Camomila-Leão?

Erva Doce-Vida Boa!

Teste de gravidez

Soluço-Tratamento

ômega 3 ainda é bom

Ativador Sexual

Haar Intern

Óleo de Copaíba

Votag Posologia

Ejaculação Precose

 Mapa do Site


   Posologia de Medicamento